20.1.10

A VERDADE PRESENTE

Como é o ser humano santificado?
(João 17:17) - Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
A que conhecimento quer Deus que cheguem todos os homens?
(I Timóteo 2:4) - Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.
Depois de receber o conhecimento da verdade, que deve a pessoa fazer a fim de ser por ela santificada?
(II Tessalonicenses 2:13) - Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, ...por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade.
Que é necessário além da mera crença na verdade?
(I Pedro 1:2) - Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas.
Que efeito tem a obediência à verdade?
(I Pedro 1:22) - Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro.
Como deve a verdade ser sempre acariciada?
(Provérbios 23:23) - Compra a verdade, e não a vendas; e também a sabedoria, a instrução e o entendimento. (a Verdade é uma Pessoa, Jesus Cristo, só é possível conhecê-l´O vivendo dia a da com Ele)
Reconhece a Bíblia o que pode ser chamado a "presente verdade"?
(II Pedro 1:12) - Por isso não deixarei de exortar-vos sempre acerca destas coisas, ainda que bem as saibais, e estejais confirmados na presente verdade.
Nota: Tais verdades são aplicáveis a todas as eras, e são portanto verdade presente para toda a geração; outras são de carácter especial, e aplicando-se únicamente a uma geração. Não são, no entanto, de modo nenhum menos importantes por esse motivo; pois da sua aceitação ou rejeição depende para as pessoas dessa época o salvarem-se ou perderem-se. Desta espécie era a mensagem de Noé, de um Dilúvio por vir. Para a geração a quem foi pregada, aquela mensagem era verdade presente; para as gerações posteriores, ela tem sido verdade passada, e não uma mensagem actual. Semelhantemente, houvesse a mensagem do primeiro advento proclamada por João Baptista, de que o Messias estava às portas, sido proclamada uma geração antes ou uma geração depois do tempo de João, e não teria sido aplicável - não teria sido verdade presente. O povo da geração da geração da geração anterior não teria vivido para ver-lhe o cumprimento, e para os que vivessem depois teria sido fora de lugar. Não é assim com as verdades gerais, como o amor, a fé, a esperança, o arrependimento, a obediência, a justiça e a misericórdia. Estas são sempre oportunas, e de carácter salvador. As presentes verdades, no entanto, incluem sempre todas essas, sendo assim de carácter salvador, e de importância vital.
Qual foi a mensagem especial para a época de Noé?
(Génesis 6:13) - Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra. (Gênesis 6:14) - Faze para ti uma arca da madeira de gofer; farás compartimentos na arca e a betumarás por dentro e por fora com betume.
De que modo mostrou Noé fe nessa mensagem?
(Hebreus 11:7) - Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.
Quantos se salvaram na arca?
(I Pedro 3:20) - Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água.
Nota: Indubitavelmente muitos dos que se perderam no Dilúvio mantinham, normalmente, a fé em Deus; mas a prova quanto à genuinidade da mesma veio com a mensagem especial de Noé; e a diferença entre a a fé que eles tinham e a de Noé e da sua família tornou-se evidente quando eles rejeitaram a salvadora mensagem para aquele tempo - a mensagem de advertencia quanto ao Dilúvio iminente.
Que mensagem especial foi dada a Ninive?
(Jonas 3:3,4) - E levantou-se Jonas, e foi a Nínive, segundo a palavra do SENHOR. Ora, Nínive era uma cidade muito grande, de três dias de caminho. E começou Jonas a entrar pela cidade caminho de um dia, e pregava, dizendo: Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida.
O que salvou o povo da destruição anunciada?
(Jonas 3:5-10) - E os homens de Nínive creram em Deus; e proclamaram um jejum, e vestiram-se de saco, desde o maior até ao menor. ... E Deus viu as obras deles, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha anunciado lhes faria, e não o fez.
Nota: Assim teria Deus poupado o povo no tempo de Noé, tivessem eles recebido a mensagem e convertido dos seus pecados e maus caminhos.
Qual era a missão especial de João Baptista?
(João 1:6,7) - Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.
Que resposta deu João quando questionado sobre a sua missão?
(João 1:23) - Disse: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.
Como se referiu o Senhor Jesus aos que rejeitaram a mensagem pregada por João?
(Lucas 7:30) - Mas os fariseus e os doutores da lei rejeitaram o conselho de Deus contra si mesmos, não tendo sido batizados por ele.
O que fazia o povo que foi baptizado por João?
(Lucas 7:29) - E todo o povo que O ouviu e os publicanos, tendo sido batizados com o batismo de João, justificaram a Deus.
Nota: Isto é, honraram a Deus por esse acto, que mostrava a fé na verdade de Deus para aquele tempo.
O povo escolhido (Israel) de Deus recebeu a Cristo, quando Ele veio ao mundo?
(João 1:11) - Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
Que razão apresentaram para O não receber?
(João 9:29) - Nós bem sabemos que Deus falou a Moisés, mas este não sabemos de onde é.
Comentário: Esta era a questão; eles não tinham fé em coisa alguma nova. Sabiam que Deus falara por meio de Moisés: aparentemente exigia pouca fé crer nesta verdade. Sentiam-se perfeitamente seguros que quando viesse O reconheceriam e naturalmente O aceitariam, tudo demonstraria que era O enviado de Deus. Todos o poderiam ver. Mas ali estava Alguém que, embora houvesse vindo em cumprimento das profecias de Moisés e dos Profetas como o tão ansiado Messias, o povo e especialmente os dirigentes raciocionaram que era um risco muito grande aceitá-Lo, e isto porque não compreenderam as profecias tão claramente exaradas nas Escrituras. O aceitar a Cristo exigia fé e eles queriam aceitar por vista, intelectualmente (a fé e a inteligência são duas irmãs que caminham de mãos dadas e por vezes a fé deve prevalecer). Por outro lado, aceitar a Jesus exigia uma mudança dos pontos de vista, uma reforma na maneira de viver. Por tudo isto Cristo veio e foi rejeitado. Acreditavam no Dilúvio, acreditavam nos Profetas; mas no que dizia respeito a esta verdade especial para o seu tempo, recusaram-se em aceitá-la. Tem sido sempre assim ao longo do tempo, assim acontecerá até ao fim.
Qual foi o resultado dos Judeus terem recusado Jesus?
(Lucas 19:41,42) - E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, Dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos.
Terá Deus uma mensagem especial para os últimos dias?
(Mateus 24:44,45) - Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?
Nota: Nos últimos dias uma mensagem será proclamada e será "sustento a seu tempo" para o povo. Ela deve ser a advertencia quanto à próxima vindo do Senhor, e a preparação necessárias para com Ele se encontrar. O facto dessa mensagem não ter sido sempre pregada, não é prova de que o não deva ser agora. No seu discurso de despedida aos pais peregrinos, quando deixaram a Holanda e ir para a América, João Robinson disse: "O Senhor sabe se vos voltarei a ver um dia; mas seja o que for que Ele tenha designado, conjuro-vos diante de Deus e dos Seus benditos anjos a não me seguirdes mais além do que eu haja seguido a Cristo. Se Deus vos revelar qualquer coisa por meio de outro instrumento Seu, sede tão prontos a recebe-la como sempre fostes a receber qualquer verdade por meu ministério; pois tenho muita confiança que que o Senhor tenha mais verdade e luz a fazer irradiar da Sua Palavra."
Que diz Cristo do servo que, quando Ele vier for achado a dar "o sustento a seu tempo"?
(Mateus 24:46) - Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.
Nota: A vinda de Cristo em glória tem sido a esperança dos fiéis de todos os séculos.
Lutero declarou: "Persuado-me de que o dia do juízo não tardará nem trezentos anos. Deus não há de, não pode sofrer por muito mais tempo este mundo ímpio. Aproxima-se o grande dia em que será subvertido o reino da abominação."
Calvino pediu aos cristãos que "não hesitassem, desejando ardentemente o dia da vinda de Cristo, como o mais auspicioso de todos os acontecimentos;" declarou que: "toda a família humanados fiéis há de conservar em vista aquele dia." "Devemos ter fome de Cristo, devemos buscar, contemplar" acrescenta ele, "até a aurora daquele grande dia, quando nosso Senhor há de manifestar a glória do Seu reino."
Qual será o tema principal da mensagem evangélica nos tempos do fim?
(Apocalipse 14:7-10) - Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas. E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição. E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão. Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.
Como são descritos os que aceitam essa mensagem?
(Apocalipse 14:12) - Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.
Com que zêlo deve esta obra ser levada avante?
(Lucas 14:23) - E disse o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e força-os a entrar, para que a minha casa se encha.
Conclusão: Esta obra está a ser cumprida agora. Em toda a parte do Mundo a mensagem presente está a ser pregada. Esta mensagem como vimos em Apocalipse 14:12 apresenta-se com 3 itens: Perseverança, Fé em Jesus e Guarda dos mandamentos de Deus. Este é o povo que à semelhança de João Baptista está a preparar um povo para a vinda de Jesus. Quer tomar a decisão de preparar-se para este evento de esperança? Aceite A VERDADE PRESENTE!

1 comentário:

Adelma Celina disse...

e o quarto anjo? qual seu papel, e porque ele não é comentado pelos ASD?